Prece Hindú – Gratidão

Maravilhoso, Senhor Meus braços perfeitos Quando há tantos mutilados

Meus olhos perfeitos
Quando tantos não tem luz
Minha voz canta,
Quando outras emudecem
Minhas mãos trabalham
Quando outras mendigam
maravilhoso, Senhor Voltar para casa
Quando tantos não têm para onde voltar
É bom: sorrir, amar, sonhar, viver
Quando tantos choram, odeiam e revolvem
Pesadelos e morrem sem viver
maravilhoso, Senhor Ter um Deus para crer
Quando tantos não possuem o lenitivo de uma crença
maravilhoso, Senhor Ter tão pouco a pedir E tanto para agradecer.

Gratidão!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *